30 de Agosto de 2017

Report: notícias

Casa da Moeda lança primeiro relatório GRI

Uma das mais longevas instituições públicas brasileiras (foi fundada em 1694), a Casa da Moeda do Brasil (CMB) nunca tinha publicado um relatório de sustentabilidade. Para apresentar seu desempenho nos anos de 2015 e 2016 e resumir um pouco de sua história centenária, a empresa convocou a Report. O resultado (confira aqui) está disponível em uma variedade de formatos: website, PDF completo e PDF resumido, todos em três idiomas (português, inglês e espanhol).
 
 
Com a publicação, o Brasil se junta ao pequeno grupo de países cujas Casas da Moeda já lançaram relatórios GRI - uma lista que inclui o Canadá, a Austrália e a Colômbia. A Report produziu o conteúdo e o design do relatório, além de ter conduzido a consultoria GRI e o processo de materialidade. O Relatório de Sustentabilidade 2015/2016 enfoca os principais produtos e serviços oferecidos pela Casa da Moeda, a organização de sua governança corporativa, o desempenho financeiro e operacional do biênio e as iniciativas de gestão ambiental da empresa. 
 
O envolvimento da CMB nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro (Rio 2016) merece destaque em um capítulo especial. A instituição produziu as medalhas entregues aos campeões olímpicos, além de medalhas de participação nos Jogos, moedas comemorativas e impressos de segurança. O processo de produção das medalhas envolveu uma série de inovações tecnológicas e o cumprimento de requisitos de sustentabilidade. Entre os exemplos destacados, o uso de madeira certificada pelo Forest Stewardship Council (FSC) e o emprego de metais nobres extraídos sem o uso de mercúrio.